O parto não cabe no desejo egóico: quando o parto virou produto.

Nós mulheres precisamos de liberdade.
A liberdade que necessitamos é aquela que nos oferecemos: a liberdade que damos ao nosso corpo.

O parto não cabe no desejo egóico.

O parto conta da história mãe e bebê, é a história de uma vida que não nos pertence, mas que damos a chance de existir. O parto fala da liberdade real, a liberdade para ser o que precisa ser.

Pode parecer estranho pensar que o parto virou produto. Virou produto há muito tempo, mas especialmente agora, não pagamos mais só pelo parto. Pagamos para carregar a culpa.

A ideia embutida hoje é que somos donas do nosso corpo. A questão não é fazer com que o corpo nos pertença. A questão é fazer com que o nosso corpo se torne mercadoria disfarçada de conexão. Compramos a ideia de que: se desejamos ter o parto natural ou normal, nós podemos fazer. “Sim, você consegue!”

Estamos sendo cruéis quando aceitamos esse tipo ideal como sinônimo de força feminina. Massacramos outras mulheres quando falamos: “Eu consegui o parto natural”. Quando aceitamos o fato de que o querer sobrepõe à natureza. Quem deseja é o ego e quanto mais desejo egóico, menos conexão se tem.

Quando se fala: “Eu consegui o parto natural”, o que é dito para a mulher ao lado é que ela não foi capaz de fazer o que você fez. Quem somos nós para dizer que conseguimos algo que não está sob nosso controle?

Será que podemos confiar naquilo que somos e no que a natureza é capaz de fazer? Será que podemos confiar no processo do nascimento para além do desejo? Essas questões andam pairando os meus pensamentos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s