Despertar: uma relação diária

É hora do despertar. Ciclos são momentos de renascimento, de esperança, de recomeços.

O despertar é uma condição diária enquanto há vida. A esperança é o bálsamos na caminhada. O renascer é a chance de fazermos diferente. O recomeçar é a nossa nova chance, é compreendermos o sentido de cada passo, é nos aprofundarmos nas nossas percepções mais verdadeiras e genuínas.

Quando estamos atentos ao mundo e a nós, o despertar assume um outro sentido na vida. Despertar para si mesmo é encontrar uma nova via de acesso as reais necessidades. Do que realmente precisamos? Isso é tão fácil de perceber e tão difícil de assumir que vamos nos embrenhando em vias obscuras, trilhas desconhecidas, mas que nos prometem satisfação e felicidade. A questão é: do que eu realmente preciso?

Quando temos a ideia do despertar como uma nova chance, podemos olhar para o dia que se inicia através dos deveres e das necessidades genuínas. Logicamente os deveres são os deveres e eles fazem parte da rotina, o ponto é o lugar que damos ou não aquilo que é genuinamente necessário como alimento da alma.

Está aí um outro ponto obscuro, necessidade da alma. É como se a nossa alma andasse com passos de crianças e as nossas necessidades fossem os passos de jovens maratonistas. Queremos que a alma nos acompanhe e vamos criando ideias de diálogos com ela, mas na verdade ela ficou muito para trás. Ela não irá te alcançar e nem sequer te ouvir enquanto você está maratonando na vida.

Como pais, nós não vamos correndo na frente e deixamos nossos filhos para trás na esperança de que eles cheguem bem em casa, com tranquilidade e segurança. A gente anda junto. Você pode até pegá-lo no colo para dar uma acelerada, mas ele está junto e determina um outro tempo no mundo. A nossa relação com a alma exige outro ritmo.

O despertar é o momento de escolher com qual velocidade começaremos o dia.

Iniciamos mais um ano e desejo que o despertar seja uma constante na jornada da vida, que seja o nosso guia, a nossa intuição, a nossa bússola.

Que 2021 seja um ano de conscientização coletiva, que possamos vibrar pelas conquistas do todo, que possamos lutar e fazer algo diferente para além de nós.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s