É verdade?! Um questionamento para o olhar nas relações.

O outro. A verdade. A sua verdade. A minha verdade. A minha mais absoluta verdade. Quanta incoerência, quanta pretensão. Que verdade é essa que só eu enxergo?
Estamos entrando no campo da aceitação, do conhecer e aceitar o outro na sua legitimidade. Começo esse tema com a seguinte questão: estaremos sendo éticos na nossa conduta, no nosso olhar para o mundo das relações? Estamos prontos para ouvirmos e aceitarmos o outro? Há disponibilidade independentemente do nosso ponto de vista?
Vivemos cada vez mais isolados nas nossas verdades, são livros, crenças, opiniões públicas, condutas que nos espelham e nos causa repulsa. O mundo nos proporciona questionamentos do nosso viés analítico, basta sabermos se estamos dispostos a nos olhar e a nos questionar.
Posso estar crente na minha verdade, mas tenho o direito de desqualificar e ignorar o outro? Que relação estabeleço com o mundo quando me falta tolerância, humildade, compreensão e respeito? 
Lendo o livro “Pensamento Sistêmico: o novo paradigma da ciência” escrito por Maria José Esteves de Vasconcellos, me peguei questionando qual seria a verdadeira ética. Assim como a autora, penso que a ética é você conseguir aceitar o outro na sua legitimidade, na sua verdade, na sua visão, no seu ponto de vista e na sua conduta. 
Acredito que a nossa evolução se constrói na nossa capacidade de tolerar, ampliando nossa visão, compaixão e aceitação. Estaremos assim sendo coerentes e éticos quando aceitarmos e convivermos com o outro como ele realmente é.
O texto dessa semana tenta nos colocar em conflito. Como estamos agindo nas nossas relações pessoais e com o mundo? Estamos sendo éticos? Tolerantes? Respeitosos? Vamos refletir e até a próxima.

3 comentários sobre “É verdade?! Um questionamento para o olhar nas relações.

  1. Aee ca… eu acho super lindo isso, mas acho bem complexo na realidade… pq não é só questão de sua verdade, e nossa verdade, tem coisas q ao nosso redor influenciam nossas atitudes.. por exemplo o humor, as vezes vc ta ali numa rotina com uma pessoa que vc convive sempre, e derrepende um assunto que nossas verdades são diferentes, entra no meio e isso pode causar chateações… devido ao modo de lhe dar com isso nessa situação..Eu procuro ser compreensiva, flexivel.. mas qnd eu vejo que alguem nao me faz bem, eu me afasto, eu anulo a situação e sigo… bom sei la… acho que eh isso!Bjokas amiga! Amo vc!

    Curtir

  2. Ok Camila!!! Seu objetivo de dar um nó na minha mente está muito próximo de acontecer – hahahahahaha.Se gostarmos de liberdade considero que respeitar as verdades dos outros é uma atitude óbvia para a manutenção desta liberdade.Muito lógica essa indagação: \”Que verdade é essa que só eu enxergo?\”Creio que respeitar o ponto de vista ou verdade alheia requer absoluto posicionamento evolucionista e abnegado. Comportamento este que noto nos indivíduos humildes e desapegados. São os “metamorfoses ambulantes” que não têm medo algum de trocar o velho pelo novo mesmo sabendo que logo mais o novo se tornará velho.E vivam as diferenças!Bjos, pro C.

    Curtir

  3. Cá, muito legal a iniciativa do blog. Parabéns! Lendo seu texto, não pude deixar de me lembrar de um dos textos que mais gosto do Drummond, \”A verdade dividida\”. O texto está longe de responder sua proposta de reflexão, tão complexa, mas coloca uma boa pimenta:\”A porta da verdade estava abertamas só deixava passarmeia pessoa de cada vez.Assim não era possível atingir toda a verdade,porque a meia pessoa que entravasó conseguia o perfil de meia verdade.E sua segunda metadevoltava igualmente com meio perfil.E os meios perfis não coincidiam.Arrebentaram a porta. Derrubaram a porta.Chegaram ao lugar luminosoonde a verdade esplendia os seus fogos.Era dividida em duas metadesdiferentes uma da outra.Chegou-se a discutir qual a metade mais bela.Nenhuma das duas era perfeitamente bela.E era preciso optar. Cada um optouconforme seu capricho, sua ilusão, sua miopia\”.(Drummond em Contos Plausíveis

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s